Após medida cautelar do TCE, Sanepar informa suspensão do aumento na conta de água
Publicado em 14/05/2019

A Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) informou a suspensão do reajuste de 12,13% na conta de água e esgoto, após uma medida cautelar do Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR). O comunicado foi feito nesta segunda-feira (13) pela companhia.

Conforme o documento da Sanepar, a medida cautelar foi concedida após uma Comunicação de Irregularidade feita pela Segunda Inspetoria de Controle Externo (2ª ICE) do TCE-PR no dia 6 de maio.

No relatório, a 2ª ICE afirmou que o reajuste é uma "aberração travestida de uma teia de números, que visam distribuir lucros aos acionistas".

Ainda no documento, a Inspetoria diz que, desde o reajuste feito em 2017, a Sanepar acumula aumento tarifário de 27,92% enquanto, no mesmo período, o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que mede a inflação, foi de 12,06%.

Reajuste

O reajuste de 12,13% foi autorizado pela Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Infraestrutura do Paraná (Agepar) no dia 15 de abril.

A homologação do reajuste ocorreu em uma reunião extraordinária do Conselho Diretor da agência reguladora. O aumento deveria começar a valer a partir desta sexta-feira (17).

Em um comunicado feito aos acionistas, a Sanepar disse que tomará as providências necessárias para restabelecer "seu direito ao alusivo reajuste" autorizado pela Agepar.

 

FONTE: RPC Curitiba e G1 PR



Postado por: Ademir Hanzen
Fotos: Sanepar/Divulgação