Taxa Selic é mantida em 6,5% ao ano pelo Copom
Publicado em 04/08/2018

O Comitê de Política Monetária – Copom, acredita na estabilidade do mercado e não alterou a Taxa Selic durante a última reunião que ocorreu nos dias 31 de julho e 1º de agosto. De acordo com o Comunicado nº 32.381 divulgado ao término da reunião, o Comitê entende que os efeitos da paralisação dos caminhoneiros no final de maio não são permanentes e os impactos nos indicadores de inflação que ocorreram nos últimos meses são temporários e serão revertidos.

Leia abaixo síntese do economista Jefrey Albers, do Departamento Técnico Econômico do Sistema FAEP/SENAR-PR:

No cenário externo a principal ameaça está relacionada às incertezas do comércio internacional e às taxas de juros dos países desenvolvidos, porém as economias emergentes ainda mantêm-se atrativas aos investidores.

O conjunto das perspectivas internas e externas desenham um cenário de recuperação das taxas de inflação no patamar de 4,1% ao ano para 2018 e 2019 segundo a pesquisa Focus, supondo o fechamento de 2018 com taxa de juros (Selic) de 6,5% ao ano e taxa de câmbio do dólar em R$ 3,70.

O Comitê ainda ressalta a necessidade pela continuidade do processo de reformas e ajustes na economia nacional para que a inflação baixa seja preservada no médio e longo prazos e volta a se reunir em 18 e 19 de setembro para analisar a conjuntura nacional e mundial e definir os direcionamentos da economia brasileira.

O comunicado 32.281 pode ser lido na íntegra no site do Banco Central.



Postado por: Andrio Antunes
Fotos: Ilustrativa