Secretários municipais trocam experiências para proteção de nascentes
Publicado em 03/10/2017

Da assessoria

Representantes de mais de dez municípios da região participaram da reunião da Associação de Secretários de Agricultura e Meio Ambiente (Assema). O encontro realizado na quinta-feira (28) na sede da Amsop teve como principal pauta um debate e troca de experiências sobre a proteção de nascentes.

Três secretários municipais apresentaram seus programas para conservar fontes de água no interior, um tema que segundo o presidente da Assema e secretário de Santa Izabel d’Oeste, Hélio Vansetto, é indispensável para a realidade do Sudoeste.

“Muitos municípios têm algumas dificuldades em implementar programas e projetos de proteção de nascentes, por isso é importante que a gente consiga discutir os problemas em comuns, ver bons exemplos e buscar soluções em conjunto para estas questões, ainda mais em um momento de estiagem como este que estamos passando e que se vê a necessidade desse tipo de preservação”, explica Hélio.

Em São Jorge d’Oeste, o programa de proteção é feito pela Prefeitura com a doação de quase todos os materiais e mais a orientação técnica aos produtores. Já em Bom Sucesso do Sul, a secretaria utiliza recursos do Fundo Municipal de Meio Ambiente, há uma contrapartida da Prefeitura e também dos produtores rurais, que são capacitados para montar as proteções.

O modelo adotado em Coronel Vivida é diferente: a Prefeitura terceiriza a construção das fontes através de processo licitatório e os agricultores recebem a obra pronta. Segundo a diretora do Departamento de Desenvolvimento Rural, Laura Mews, mais de 300 nascentes foram protegidas ou recuperadas nos últimos cinco anos em Coronel.

Técnicos da Emater e Seab também participaram da reunião da Assema, que discutiu ainda o andamento do projeto Leite Sudoeste, o leilão de áreas na região para exploração do gás de xisto e a visita técnica que produtores das propriedades destaque do Sudoeste farão.



Postado por: Celso Carnelutt
Fotos: Amsop